sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Ausência

As vezes me sinto num vazio tão imenso, que meu mundo parece não ter
nem pé nem cabeça. É como se por um segundo eu não existisse, essa
ausência me causa vertigem e quando volto, minha história vem em stop motion,
mas sempre fico com a sensação de que uma parte dela ficou perdida

.

3 comentários:

Chris Almeida disse...

Como se eu estivesse num mundo paralelo..Irreal.
Onde eu tento voltar para o passado.
Onde o presente não me deixa imaginar o futuro.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Tanda Melo disse...

....fotografia e poesia, é sempre uma combinação perfeita..Adhil...Seu blog tá lindo...bjim pro c!!